4 de out de 2011

Hoje

Hoje sonhei contigo
E acordei sentido falta do som da tua risada...
do teu cabelo pesado
que deixava fios negros muito longos no travesseiro...
da tua pele cor de terra
que tinha um cheiro misturado de perfume ao dela...

Fiquei muito [muito] tempo quieta
e o silêncio me afeta...

Na vida, aprecio o gosto de poder falar,
de não precisar calar,
de poder expressar,
do livre amar...

Hoje acordei e resolvi te contar.

1 de out de 2011